A Red Hat reformulou seu Portal de Clientes, que ganha novas funcionalidades. Entre as ferramentas, soluções para dar mais autonomia aos clientes, possibilitando a resolução de problemas e autocomentários em casos de assistência, tudo com uma também renovada interface de busca. O portal, que completa dez anos em 2020, foi nomeado um dos dez melhores sites de suporte durante os últimos nove anos pela Associação de Profissionais de Suporte (ASP).

“Com a crescente demanda pelo digital e diante da necessidade de transformar processos rapidamente, a função dos portais de atendimento ao cliente ganha ainda mais importância. Estas interfaces devem ser atualizadas permanentemente e oferecer aos usuários um site único, no qual possam acessar uma vasta e valiosa base de conhecimento para solucionar problemas e agir com maior agilidade”, disse Renato Sartorio, Customer Success Leader da Red Hat na América Latina.

Pioneiro na consolidação da tendência as-a-service no mundo da TI, o Portal de Clientes da Red Hat foi lançado em 2010 como uma plataforma unificada para que os clientes pudessem acessar de forma personalizada os diferentes serviços incluídos na subscrição da Red Hat. Desde então, o portal oferece conteúdos completos sobre os produtos da empresa, ferramentas inteligentes para a resolução de problemas, atualizações de segurança e suporte técnico, além de acesso a conhecimentos de especialistas da Red Hat e da comunidade que ajudam os clientes a planejar e implementar as soluções da companhia. São mais de 85 mil artigos e documentos, e cerca de uma dúzia de equipes trabalhando e contribuindo para este serviço.

Durante a última década, os usuários da Red Hat passaram mais de 2 bilhões de minutos no Portal do Cliente. “Nessa trajetória de dez anos, a comunidade open source impulsionou as principais inovações para que cada vez mais possamos planejar, implementar, manter e administrar melhor as soluções que nossos clientes utilizam. A agilidade e a capacidade de reação que o trabalho em comunidade oferece são nossos grandes diferenciais. Por isso,  em conjunturas como a que vivemos hoje, me parece importante inspirar outras empresas para que sustentem suas propostas de transformação não apenas com a tecnologia, mas também no componente humano e de liderança”, conclui Sartorio.

Pode te interessar

Quando a competição pode ser uma grande aliada na excelência do atendimento ao cliente

Covid-19: robô traz mais segurança em atendimento de saúde

Uso de bots para atendimento ao consumidor dispara na pandemia