A Aktie Now é responsável por desenvolver ferramentas que facilitem a comunicação da empresa com o consumidor final. O Droz, assistente virtual desenvolvido pela Aktie Now, agora apoia o suporte dos clientes Biva, companhia de empréstimos.
Fundada em 2015, a Biva é a primeira plataforma de empréstimos ponta-a-ponta (peer-to-peer lending) e tem como objetivo promover o empoderamento econômico dos brasileiros. Com isso, a empresa reúne empreendedores e investidores que praticam taxas de juros mais baixas e retornos mais atrativos para os investimentos. Pelo fato das transações serem feitas totalmente online, surgiu a necessidade de aderir uma ferramenta para facilitar o atendimento de seus clientes.

Após a configuração do chatbot, a companhia contabilizou pouco mais de 400 atendimentos realizados pela ferramenta. Dessa maneira, em apenas 60 dias, os atendimentos humanos diminuíram aproximadamente 32%. Bruno Stuchi, CEO da Aktie Now, ressalta que “a ideia não é substituir o atendimento humano, mas apoiar a operação atendendo os assuntos mais repetitivos e mantendo a equipe focada em questões mais complexas”, afirma.

Alguns dos principais benefícios da ferramenta são a redução das filas de espera por atendimento e a resolução de diversos problemas sem a necessidade de contato direto com pessoas. Com isso, a empresa tem como resultado a redução de até 40% dos custos, bem como aumento da satisfação dos clientes e da produtividade da equipe.

A parceria da Biva com a Aktie Now teve início em uma das palestras ministradas por Bruno Stuchi. A partir de então, propostas foram feitas e, após acordo fechado, levou apenas um mês para que o Chatbot da Biva fosse totalmente configurado.

Antes de tomar conhecimento sobre a Aktie Now, a Head de Customer Success da Biva, Diandra Guimarães, afirmou que havia consultado diversas soluções de Chatbot, porém, “tudo parecia muito complicado e demorado para implementar, além do custo altíssimo”, admitiu.

A intenção com a adesão da ferramenta foi sanar as dúvidas simples dos clientes que chegavam aos atendentes via chat. “Acreditamos que algo guiado seja o melhor caminho para nossos clientes, assim eles podem se acostumar com essa nova tecnologia”, declara Diandra.

“Diferente do que parece, existem muitas possibilidades com um Bot guiado. O principal benefício é o fato de que apresentar opções para o cliente – evitando algo muito aberto, pois isso muitas vezes mais confunde que ajuda – se torna uma forma assertiva de resolver os problemas”, finaliza a executiva.

Outras notícias

Quatro benefícios de chatbots para sua estratégia de atendimento ao cliente

Chatbot ganha versão para pequenas e médias empresas

Chatbot é aposta para redução de custos de atendimento