A Hi Platform lança a nova versão do HiBot, chatbot de atendimento, com um valor mais acessível, configuração autoexplicativa e base pré-cadastrada com questões dedicadas a alguns setores do mercado. A tecnologia ainda vai permitir a oferta de autoatendimento para os consumidores. A novidade está disponível no mercado com sete dias para testes gratuitos. 

O lançamento vem acompanhado da motivação da empresa em realizar a transformação digital do atendimento no Brasil e ajudar os consumidores a ter uma melhor experiência no momento do contato com as empresas. “Qualquer empresa, independentemente do tamanho ou perfil, poderá ter a tecnologia. Trata-se de uma ferramenta com grande custo benefício, alternativa para que o público resolva suas demandas de uma maneira fácil, rápida e muito confortável, ou seja, quem ganhará é o consumidor”, destaca Marcelo Pugliesi, CEO da Hi Platform, responsável por mais de 150 milhões de atendimentos via chatbot no último ano em meio de 80 operações nacionais.

A nova versão do chatbot disponibiliza uma base especifica de perguntas e respostas para os segmentos de E-commerce, Serviços, Eventos, Educação, Financeiras e Seguradoras. A partir dessa pré-programação, será possível editar, inserir ou alterar informações. Para o setor de e-Commerce, por exemplo, tópicos como devolução de pedido, perguntas sobre localização de loja física, prazos de entrega ou pedido de desconto são inseridos previamente no desenvolvimento da plataforma. Neste primeiro momento, a programação foi construída para os segmentos de maior demanda de atendimento, porém a expectativa é abranger mais setores até o final de 2018.

Outra característica é a possiblidade de autoatendimento, no qual o consumidor poderá realizar transações mais complexas, como obter uma segunda via de boleto. “Hoje, o consumidor quer ser digital, multiplataforma, e resolver suas demandas de forma rápida, por meio de um comando de texto ou voz. Se quiser pedir a segunda via do boleto, o bot vai no sistema da empresa e gera o boleto. Ou se pedir o saldo da conta do vale refeição, o bot pede o número do cartão no sistema do cliente e devolve o extrato dele”, explica Pugliesi.

A novidade já está disponível nos canais web, mobile, aplicativos e Facebook.

Outras notícias

Bots serão tema de palestra apresentada por diretor da Callflex

Chatbot do Poupatempo já trocou 100 milhões de mensagens com cidadãos

Chatbot é aposta para redução de custos de atendimento