Prestadores de serviço e lojistas não precisam mais ter uma máquina nem pagar mensalidade para receber dos seus clientes por cartões de crédito, boletos bancários registrados, depósitos e transferências. Um aplicativo gratuito, considerado um dos 100 melhores apps de finanças da plataforma Google Play, está disponível para smartphones e tablets Android. Ele elimina a necessidade de vínculos com bancos e operadoras, que costumam ser caros e frequentes, e permite ver o dinheiro na conta em até 48 horas.

A solução foi desenvolvida pela startup catarinense Asaas, e é parte de uma plataforma completa de administração de recebíveis baseada na computação em nuvem. Para utilizá-la, o empreendedor — que pode ser MEI, micro empresário ou dono de um pequeno estabelecimento — pode fazer a sua primeira cobrança em 30 segundos, sem a necessidade de aprovação de cadastro prévio. Com o aplicativo ele ainda consegue receber pagamentos via e-mail e SMS, permitindo que os clientes podem pagar da forma que acharem mais conveniente, atendendo até mesmo não bancarizados, pois a ferramenta processa pagamentos com dinheiro via depósitos e transferências bancárias.

O aplicativo permite ao empreendedor aumentar a quantidade de vendas, já que muitos clientes optam por pagar exclusivamente dessa forma. A preferência foi registrada num estudo da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), que registrou o aumento de 8,3% nas transações com cartão em 2016 em relação aos doze meses anteriores. O relatório ainda aponta que os pagamentos com esse meio superaram a marca dos 12,5 bilhões de operações, e indica que o uso do plástico deve superar o do dinheiro físico até 2020.

Além do relacionamento com um público mais amplo, o aplicativo permite gerenciar todos os recebimentos do negócio, enviando cobranças, fazendo o pagamento de outros títulos, e efetuando transferências a terceiro. Também pode solicitar a antecipação dos recebíveis. Para o CEO do Asaas, Piero Contezini, a premissa básica é a agilidade. “Todo o processo acontece para que o empreendedor individual possa emitir a primeira cobrança em, no máximo, 30 segundos”.

Por concentrar as funções no mesmo lugar e usar o conceito de cloud computing, a mobilidade é uma das características que mais ajuda os profissionais liberais, que podem usá-lo na frente de vendas. “É possível fazer do Asaas um PDV virtual, facilitando a utilização de qualquer lugar e na hora em que o negócio acontece”, diz.

O aplicativo está disponível na loja virtual Google Play.

Leia mais

White Paper descreve como apps podem engajar clientes

Em busca do app de ouro para os clientes "on the move"

Aplicativos de mensagens ganham a preferência do consumidor