Notificações por push são uma tendência para facilitar a experiência do usuário na Internet, especialmente nos dispositivos móveis, avisando sobre eventuais atualizações e outras novidades da marca sem que o aplicativo ou navegador estejam abertos ou em segundo plano. Agora, lojas virtuais e campanhas publicitárias podem também se comunicar ou até recuperar um cliente por meio do push com a ferramenta ShopPush, da ShopBack.

A ferramenta utiliza Big Data para identificar os clientes conectados à plataforma de acordo com seu comportamento. Com isso, os consumidores que se inscrevem nos sites preferidos para ficar por dentro das novidades passam a receber notificações sobre promoções e ofertas de produtos de seu interesse no navegador, sem que o site ou o app da marca estejam abertos.

Na prática, as opções de uso para o varejo são diversas: a loja pode oferecer produtos, cupons, descontos, comunicação de campanhas sazonais, ou até mesmo avisar quando o item visualizado teve o preço reduzido. É possível informar, ainda, quando houve uma atualização no status de entrega, com aprovação do pagamento, emissão de nota fiscal ou pedido enviado. As condições para o envio são configuradas previamente, como o tipo de informação a ser distribuída, a periodicidade da abordagem, a segmentação dos usuários por idade, região e outros dados comportamentais.

Além de lojas virtuais, outras empresas também podem utilizar o recurso: uma companhia aérea pode enviar notificações de promoções de passagens, uma banda informa sua agenda de shows e compra de ingressos; uma marca de automóveis pode anunciar um novo modelo ou um feirão na região; um portal de conteúdo pode fazer um feed de notícias.

“O push revolucionou a forma de comunicação entre empresa e cliente por ser uma funcionalidade personalizável que ajuda a atrair consumidores com conteúdos, ofertas e alertas de serviços valiosos e relevantes. A ShopBack transformou essa ferramenta em uma grande utilidade também ao varejo virtual, que pode resgatar uma compra não finalizada e aumentar suas vendas nesse período de retração econômica”, afirma Isaac Ezra, CEO da ShopBack.

Leia mais

Como aumentar as chances de venda em épocas de crise

Vendas e operações: além de uma simples integração de sistemas

Quanto um varejista perde em vendas online?