A Concentrix deu mais um importante passo em prol da diversidade e conquistou a equidade de gênero nos cargos de gerência das suas operações no Brasil, com 46,4% dos postos ocupados por mulheres e 47,33% das posições ocupadas por homens. No total da população organizacional - composta por mais de 8 mil colaboradores nacionalmente - 57,91% das funções são desempenhadas por mulheres e 34,32% da força de trabalho é masculina.

Os números são reflexos de iniciativas em prol da diversidade e representatividade de gênero, como o NOW (Network of Women), programa global da Concentrix criado com o objetivo de aumentar a diversidade na companhia, envolvendo e capacitando a equipe feminina para acelerar o crescimento de suas carreiras.

Ao longo de outubro, a multinacional também promove o mês global de conscientização sobre a diversidade, em que os líderes em todo o mundo reforçam a importância da conexão humana através das fronteiras, especialmente neste período desafiador.

"Mais do que contratar igualmente homens e mulheres, damos oportunidades similares para o desenvolvimento de suas carreiras. A ascensão das mulheres no mercado de trabalho é boa não apenas para os negócios, mas também para a economia do país e para a sociedade de forma geral. Estamos falando de distribuição de renda e redução das desigualdades", destaca Cláudia Gimenez, vice-presidente e gerente geral da Concentrix Brasil.

O NOW teve início em 2018 e, pela iniciativa, as colaboradoras da companhia já participaram de palestras que trataram de temas como câncer de mama, carreira, importância de falarem outros idiomas e coaching. Um encontro de networking e uma copa de futebol feminina também foram organizadas através do NOW.

Pode te interessar

Pesquisa revela panorama da diversidade de gênero nas empresas brasileiras

Profissionais LGBTQIA+ acreditam que sua orientação sexual afeta a carreira

Diversidade nas empresas é sinônimo de ganhos para os negócios