O SAS realizou em sua unidade brasileira um programa de diversidade com foco na valorização do papel da mulher no ambiente corporativo. Intitulado "Empoderem-se, Mulheres", a ação abordou temas como aspectos culturais, construção social e autoconscientização, entre outros tópicos relacionados ao protagonismo da mulher dentro da organização.

O programa foi idealizado pela consultora e mentora Vera Regina Meinhard, que conta com mais de 25 anos de experiência como executiva no Brasil e no exterior, e é especialista em desenvolvimento de pessoas e cultura organizacional. Foram cerca de dez sessões realizadas virtualmente com a participação de 11 colaboradoras da companhia, dos mais diversos níveis hierárquicos e áreas de atuação. A ação foi concluída neste mês de julho.

"A principal missão do programa foi trazer para a consciência das mulheres de que existe uma construção social sobre o seu papel na sociedade, e que isso impacta a visão que se faz dela no ambiente corporativo, o que precisa ser desfeito", explica a consultora. "Quanto mais conscientes elas forem sobre estes papéis impostos à mulher, mais elas conseguirão se desenvolver como profissionais. É um processo tanto de autoconhecimento como de conhecimento social e histórico de modo a permitir a criação de estratégias para desenvolvimento da carreira."

A iniciativa abordou também a questão dos talentos e dos valores, reforçando a importância de ferramentas como o feedback, e com exercícios que proponham o estímulo ao lugar de fala das mulheres. As sessões, que contam com duração de quatro horas, buscam trocar experiências, compartilhar aprendizados e promover integração entre as mulheres da empresa, independentemente de seus cargos. "O importante é que as mulheres se conectem umas às outras, de modo que a responsabilidade e o cargo tenham menos influência nesse processo", ressalta Vera Regina.

O programa "Empoderem-se, Mulheres" faz parte de uma série de iniciativas do SAS em promover debates e ações que visem à inclusão da diversidade nos seus mais diferentes aspectos. A companhia é reconhecida mundialmente por sua preocupação em promover um ambiente saudável e diverso - especialmente no mercado de tecnologia. No Brasil, no fim de 2019, a empresa lançou o programa Talent X, que tem por objetivo reforçar a cultura e os valores SAS por meio do desenvolvimento de novos conceitos ligados às pessoas.

Segundo o presidente do SAS Brasil, Cassio Pantaleoni, a companhia continuará engajada na promoção de iniciativas ligadas à diversidade no ambiente corporativo ao longo deste e dos próximos anos. "Defendemos ações que buscam dar voz à nossa gente, promovendo a diversidade de gênero, raça e pensamento. No Brasil, estamos cada vez mais empenhados em aperfeiçoar os processos que contribuem na disseminação de ideias, valores e culturas das mais diversas naturezas e matizes", ressalta o executivo.

Pode te interessar

Como as empresas podem aderir a uma liderança e cultura inclusivas?

Diversidade nas empresas é sinônimo de ganhos para os negócios

Como praticar a inclusão e manter a diversidade na sua empresa