O país vem enfrentando diversas crises na área da saúde com a pandemia do novo coronavírus - e neste cenário de colapso social e econômico, a CSU, empresa de prestação de serviços de alta tecnologia voltados ao consumo, tem realizado ações solidárias pelo país com doações destinadas à hospitais públicos. Ao todo, foram entregues 52 mil equipamentos de proteção individual (EPIs): 14 mil litros de álcool gel, 10 mil aventais, 14 mil toucas e 14 mil luvas. O investimento para as ações ultrapassou o valor de R$ 500 mil.

No estado de São Paulo, foram 40 mil itens, parte deles entregue na Unidade Dispensadora Tenente Pena (UDTP) que tem funcionado como centro de distribuição de medicamentos e doações de materiais para os hospitais públicos da cidade. Outra parte, 12 mil itens, foram para o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran.

Já em Recife (PE), o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP) recebeu outros 12 mil itens de proteção. O complexo hospitalar possui o maior número de leitos do Norte e Nordeste do Brasil destinado para o atendimento da população carente pernambucana.

"Como empresa responsável e com pensamento no coletivo, estendemos nossas contribuições aos hospitais públicos e assumimos o compromisso para minimizar os impactos do coronavírus, apoiando e protegendo os profissionais da área da saúde - verdadeiros heróis que têm lutado pela vida em meio à pandemia. Queremos mostrar para todos aqueles que estão na ‘linha de frente’ que não estão sozinhos. Juntos, vamos superar este momento difícil", disse Marcos Ribeiro Leite, CEO da companhia.

Para o secretário estadual da Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, que esteve presente no evento de entrega na sede da empresa, em Barueri, ações solidárias continuarão sendo necessárias para incentivar o setor privado a fazer o mesmo. "A principal importância da ação está no exemplo. Lutamos, todo dia, para conseguir insumos porque são usados numa velocidade muito grande e todos têm que estar paramentados", disse o secretário.

A diretora Médica do IMIP, Adriana Scavuzzi, ressaltou sobre a necessidade de proteger os profissionais para atender a alta demanda de pacientes. "Essa doação vem em muito boa hora. Nós temos uma quantidade grande de funcionários e de serviços ofertados e nada pode funcionar sem a proteção dos nossos funcionários. A doação de EPIs é de extrema importância e ficamos muito agradecidos. Sem proteção, os profissionais acabam adoecendo e os pacientes ficam desassistidos", finalizou Adriana.

Pode te interessar

CSU expande resultados e encerra 1T20 com Lucro Líquido de R$ 9,3 milhões

CSU doa 40 mil itens para o combate à COVID-19

CSU mais eficiente com analytics da NICE