Estimular o desenvolvimento de pessoas está no DNA de Topázio Silveira Neto e de sua empresa Flex, uma das maiores companhias de gestão de relacionamento, que oferece soluções completas para atender as necessidades de interação empresa – cliente, com plataformas multicanais e alta tecnologia. Por isso, a empresa vem investindo em despertar o espírito empreendedor em jovens em idade escolar, participando dos projetos da Júnior Achievement (JA), uma das maiores organizações sociais incentivadoras de jovens do mundo, que tem como objetivo estimulá-los e desenvolvê-los para o mercado de trabalho e empreendedorismo.

Através da parceria entre voluntários de empresas e escolas da rede pública e privada, a JA aplica seus programas de educação visando aproximar e promover a integração dos jovens com o mundo real do trabalho e dos negócios. Florianópolis e Lages, em Santa Catarina, são as unidades da Flex que participam dos projetos com seus voluntários, que incluem líderes, analistas e alunos do Programa de Educação à Distância e do Geração de Talentos.

“A nossa maior atuação na iniciativa vem de Florianópolis, onde está localizada a sede da empresa, e muitos dos nossos profissionais mobilizam-se para participar e contribuir. Priorizamos voluntários que estão fazendo faculdade, pois podem utilizar a ação voluntária como horas de estágio, assim incentivamos a educação nas duas pontas do projeto. Para nós, é uma honra poder participar de uma missão tão especial quanto essa”, comenta Jaquelline Holanda, uma das voluntárias e coordenadora de desenvolvimento da Flex.

Além dos mais de 10 programas em sala de aula, que são oferecidos para alunos de 9 a 17 anos de idade, a JA também desenvolve o Empresário Sombra, no qual os jovens seguem todos os passos de um executivo na sua jornada de trabalho, e as Miniempresas, que proporcionam aos alunos uma experiência prática em economia e negócios através da criação, organização e operação de uma empresa.

Desde 2011, quando a Flex ingressou no projeto, mais de 203 voluntários, profissionais da empresa, já participaram da JA, contribuindo para a formação educacional de 3.775 alunos.

“Este ano tivemos 30 alunos na Miniempresa, que, junto com os voluntários (de diferentes áreas da Flex), tiveram a missão de criar uma empresa do zero, desde a área de RH até o Marketing, e também um produto, que foi uma nécessaire que vira toalha de rosto, e foi vendida pelos mini empresários em um estande no shopping e na Flex”, conta Jaquelline.

Em Florianópolis, a Flex também é uma das mantenedoras Master da JA e o presidente da empresa, Topázio Silveiro Neto, é o presidente do Conselho Diretor. “Assim como a Júnior, nós queremos inspirar os jovens, despertar neles o desejo de se tornarem profissionais de sucesso e mostrar que só através do estudo isso é possível. É uma missão muito importante”, ressalta Topázio.

Através do método "aprender-fazendo", pioneirismo em educação financeira, preparação para o mercado de trabalho e empreendedorismo, a Júnior Achievement gera caminhos para empregabilidade. Desde sua fundação no Brasil, em 1983, a rede contou com a colaboração de mais de 150 mil voluntários e atendeu mais de 4 milhões de estudantes em 26 estados brasileiros e no Distrito Federal.

Leia mais

Flex inaugura contact center em universidade

Flex reduz turnover com programa de retenção de talentos

Projeto de EAD da Flex conta mais de mil inscritos