É cada vez mais necessário o posicionamento das empresas quanto à valorização do capital humano, tendo em vista que essas pessoas são a energia motriz para que as corporações se mantenham ativas. E, para que alcancem seus objetivos, é fundamental contar com uma equipe engajada, satisfeita e, principalmente, motivada.

Motivação nas corporações é tema que deveria exigir o máximo de atenção por parte de líderes e profissionais de Recursos Humanos, pois, é por meio desse estímulo que o colaborador “veste a camisa” da empresa e luta pelos objetivos da companhia. A partir do momento em que formos capazes de ter a visão de que, sem funcionários engajados a empresa não existe, o sucesso organizacional estará muito mais próximo do que se imagina.

As empresas de call center, por exemplo, movimentaram no último ano mais de R$ 45 bilhões, de acordo com dados levantados pelo Sindicato Paulista das Empresas de Telemarketing, Marketing Direto e Conexos (Sintelmark) em parceria com a empresa E-Consulting. É um resultado que segue na contramão de diversos outros segmentos, que sofreram grande impacto com a crise econômica. E, baseado nessa crescente, o setor vem apostando em capacitação profissional e atendimento humanizado. E, também, no desenvolvimento de sistemas de educação no qual a rapidez e a qualidade do atendimento dos colaboradores têm o devido destaque, a fim de atuar de forma mais competitiva no mercado de trabalho.

Uma aposta para esse segmento de capacitação e motivação interna são os cursos que seguem a metodologia EAD, uma alternativa que proporciona mais praticidade para compor, modificar e complementar os treinamentos, mais do que os métodos convencionais de educação. Esse modelo de ensino dirigido se propõe a preparar os colaboradores para trabalhar com novas técnicas, atualizar práticas de trabalhos, desenvolver a liderança dentro da organização, além de construir uma força de trabalhadores preparados que proporcione à empresa mais vantagens competitivas.

Assim, não basta lançar o desafio de motivar uma equipe somente para profissionais de Recursos Humanos e acreditar que seu trabalho está feito. É fundamental que os líderes se envolvam para preparar os colaboradores a atuar com novas técnicas, atualizar práticas de trabalho e desenvolver a liderança dentro da organização. Dessa forma, é possível construir uma equipe forte para se destacar no mercado nacional.

Victor Felipe Oliveira é CEO da VGX Contact Center

Leia mais

Encare o medo de frente: transição de carreira tem dessas coisas!

Transformação digital deve começar pelas pessoas

Reforma trabalhista e as oportunidades para o home office