A Verint anuncia que adquiriu a Next IT Corporation e sua subsidiária, a Next IT Innovation Labs, LLC (coletivamente referidas como, "Next IT"), desenvolvedora de inteligência artificial conversacional, alimentada por assistentes virtuais inteligentes. O valor da compra foi equivalente a cerca de US$ 30 milhões em espécie, além de potenciais pagamentos futuros adicionais.

"Continuamos a executar a nossa estratégia de inovação, incluindo aquisições que ampliam o nosso portfólio de autoatendimento, aceleram as funcionalidades de Nuvem e a automação da Verint. Acreditamos que a inovação contínua da Verint em tecnologias de inteligência artificial - como a aprendizagem de máquinas (Machine Learning), a robótica e o processamento de linguagem natural - nos posiciona em direção a um crescimento acelerado, ajudando as organizações a modernizarem operações para engajamento de clientes com maior automação", afirma Dan Bodner, CEO da Verint.

Perspectiva atualizada para o encerramento do ano 31 de janeiro de 2019
A Verint está atualizando seu guidance preliminar para o ano que termina em 31 de janeiro de 2019, apesar dessa aquisição ser pequena em relação aos negócios totais da companhia. No período, foram acrescentados 10 milhões de dólares e três centavos de lucro diluído por ação ao cenário não relativo a GAAP (Princípios contábeis comumente aceitos) da seguinte forma:

•    A companhia está aprimorando as perspectivas de crescimento das receitas no segmento Customer Engagement™, de cerca de 5% para cerca de 6%;
•    Sustenta a perspectivas de crescimento de receita de cerca de 10% no segmento Cyber Intelligence;
•    Está ampliando a perspectiva total de receita de US$ 1,215 bilhão para US$ 1,225 bilhão, com uma faixa de +/- 2%;Aumenta as perspectivas de lucros diluídos por ação em meio a orientação referente à receita de US$ 3,00 para US$ 3,03, refletindo um crescimento de aproximadamente 10% em relação ao ano anterior.
Nossa perspectiva de taxa de crescimento é expressa em relação ao cenário para o atual ano que se encerra em 31 de janeiro de 2018. A perspectiva preliminar não-relativa a GAAP para o ano que se encerra em 31 de janeiro de 2019 exclui a medida a seguir, que pode ser quantificada com certeza aceitável:
•    Amortização do desconto em notas conversíveis de aproximadamente US$ 12 milhões;
O cenário preliminar não-relativo a GAAP para o ano que se encerra em 31 de janeiro de 2019 exclui as seguintes medidas GAAP a seguir, para as quais são fornecidas uma variedade de prováveis significados:
•    A amortização de ativos intangíveis deverá estar entre aproximadamente US$ 49 milhões e US$ 53 milhões para o ano que termina em 31 de janeiro de 2019.
•    Os ajustes de receita referentes às aquisições concluídas deverão estar entre aproximadamente US$ 5 milhões e US$ 9 milhões no ano que termina em 31 de janeiro de 2019.
•    A remuneração baseada em ações deverá estar entre aproximadamente US$ 60 milhões e US$ 70 milhões no ano que termina em 31 de janeiro de 2019, considerando-se que os preços de mercado das ações ordinárias são quase compatíveis com os níveis atuais.

A perspectiva preliminar não-relativa ao GAAP não inclui o possível impacto de quaisquer aquisições de negócios em andamento que possam fechar após a data deste documento. Salvo indicação em contrário, refletem taxas de câmbio de moedas estrangeiras quase compatíveis com as taxas atuais.

Não é possível fornecer uma reconciliação para outras medidas GAAP excluídas de perspectivas preliminares não relativas a GAAP, incluindo o impacto de futuras aquisições de negócios ou despesas de aquisição, de reestruturação e reajustes de imposto de renda não relativo a GAAP devidos ao nível de imprevisibilidade e incerteza associada a esses itens. Por esses mesmos motivos, não é possível o eventual significado dos itens excluídos.

Outras notícias

Verint é premiada por Liderança no Serviço ao Cliente na América Latina

Verint lança nova solução para otimização da força de trabalho empresarial

Verint é destaque em pesquisa da DMG Consulting