A Avaya anunciou hoje que o United States Bankruptcy Court do Distrito Sul de Nova York aprovou a segunda alteração em seu Plano de Reestruturação de Chapter 11. Como resultado, a empresa espera finalizar esse processo de reestruturação antes do final de 2017.

“A aprovação de nosso plano pela Corte Norte Americana é o resultado de meses de trabalho intenso e muitas negociações entre as várias partes interessadas”, declarou Jim Chirico, presidente e CEO da Avaya. “Nas próximas semanas, sairemos desse processo como uma Avaya mais forte e dinâmica, melhor posicionada para o sucesso no longo prazo, com flexibilidade financeira para gerar ainda mais valor aos nossos clientes, sócios e acionistas”.

A intenção da Avaya é finalizar o processo com aproximadamente US$ 2.925 bilhões referente ao refinanciamento da dívida, e mais US$ 300 milhões de facilidade de crédito com Garantias, uma redução substancial da dívida de aproximadamente US$ 6 bilhões, de quando a Avaya iniciou sua reestruturação financeira. Esta melhoria na estrutura de capital deverá resultar em uma redução na despesa de Juros anuais em aproximadamente US$ 200 milhões em relação ao ano fiscal de 2016.

“Gostaria de agradecer aos nossos clientes e parceiros por seu apoio contínuo”, disse Chirico. “A força e fidelidade de nossa base global de clientes e rede de parceiros de negócios teve um papel fundamental no sucesso da Avaya ao longo desse processo”.

“Também gostaria de agradecer aos nossos colaboradores que, dedicados e comprometidos, se mantiveram focados em continuar a proporcionar soluções inovadoras e serviços de ponta que os clientes esperam de nós”, prosseguiu. “Estou ansioso para trabalhar com nossos colaboradores, clientes e parceiros para escrevermos um novo capítulo na história da Avaya”.

Outras notícias

Avaya anuncia novas integrações com a Salesforce Service Cloud

Consultoria adota soluções Avaya pra melhorar colaboração

Avaya faz acordo para parte da dívida