A AlmavivA do Brasil firma duas parcerias com companhias de peso no mercado aéreo e de energia: LATAM Airlines, companhia aérea brasileira, e da Light SESA., responsável pela geração, comercialização, distribuição e oferta de soluções de energia elétrica no Rio de Janeiro.

Pelo acordo com a LATAM, a AlmavivA atenderá chamadas por voz em português dos clientes da companhia aérea. Essas chamadas receptivas (inbound) se referem a pedidos de reservas de bilhetes dos voos (com ou sem resgate de pontos), assistência no site da LATAM, informações sobre voos (horários de partida e chegada, bagagem permitida, documentação etc.), entre outras necessidades dos clientes. A AlmavivA também irá oferecer serviços de atendimento ativo (outbound) para notificação de tickets por meio dos canais voz, SMS e e-mail.

A primeira fase da operação teve início em maio, para o atendimento dos voos domésticos, e para o início de agosto, serão iniciados novos atendimentos. “Neste acordo, a AlmavivA atenderá chamadas da LATAM, distribuídas entre reserva e informações de bilhetes para voos domésticos e internacionais”, afirma Francesco Renzetti, CEO da AlmavivA do Brasil. Ele acrescenta: “para atender a demanda com alta produtividade e qualidade, incluímos na parceria as soluções da Almawave – nosso braço tecnológico”.

Já pelo contrato com a Light, a AlmavivA fornecerá em média 350 operadores para atendimento receptivo, Backoffice e canais virtuais (chat, redes sociais e e-mail) aos mais de 4 milhões de clientes da concessionária de energia. Ao todo, a AlmavivA responderá por aproximadamente 350 mil chamadas/mês dos clientes destinada ao atendimento comercial, de emergência, ao deficiente auditivo e hotline (ligações diretas para o call center oriundas das agências comerciais), que atendem à demandas como informações gerais, encaminhamento de solicitações; reclamações; elogios e sugestões.

As operações da Light e LATAM Airlines acontecerão na unidade da AlmavivA do Brasil em Maceió, Alagoas. O time da AlmavivA na Colômbia também fará o atendimento da LATAM Airlines para outros países. O acordo com a Light tem prazo de 60 meses, enquanto que o da LATAM possui o prazo de 28 meses; ambos com possibilidade de serem prorrogados ou renovados.

Leia mais

Crise não afeta negócios da AlmavivA

AlmavivA do Brasil cria diretoria voltada à inovação

AlmavivA comemora uma década de atuação no Brasil