Setor deverá crescer pouco mais de 1% em 2016

De acordo com estudos elaborados pelo Sintelmark - Sindicato Paulista das Empresas de Telemarketing, Marketing Direto e Conexos, em parceria com E-Consulting, a estimativa de crescimento para o setor de Call Center em 2016 é da ordem de 1,1%, o equivalente a 46,1 bilhões de reais de volume de receita prevista para este ano. Em 2015 a receita foi de 45,6 bilhões de reais.

Para o presidente do Sintelmark, Lucas Mancini, o Call Center continua sendo um dos setores que mais emprega no país; em média 1.620.000 pessoas ao ano. No entanto, as previsões para 2016 são de um decréscimo de 2,16% no número de PAs (Postos de Atendimento), o que equivale a 814 mil, contra 832 mil de PAs em 2015.

O estudo do Sintelmark/E-Consulting revela ainda que nos últimos 10 anos (de 2005 a 2016) houve um crescimento de 11,56% no setor. Com relação ao volume de negócios, houve um crescimento de 11% em 2014. Em 2015, o setor apresentou um crescimento de 3%, mesmo em função da economia em recessão, mas há uma tendência de queda para os próximos anos.

Leia mais

Tendências para o setor em 2016

Panorama do setor de call center em tempos de crise

Setor crescerá menos devido à crise econômica

Tags: faturamento, crescimento, sintelmark, PAs, negócios