A livre concorrência traz uma série de benefícios ao mercado em geral, pois obriga as empresas a promoverem constantes investimentos na qualidade dos serviços prestados e em inovação. Já para os consumidores, o principal benefício é o custo do serviço, que em geral se mostram mais baixos quando mais de uma empresa oferece determinado serviço.

O privilégio da escolha, no entanto, não é uma opção para líderes do segmento de crédito e cobrança, visto que, muitas vezes, a estratégia para recuperação de ativos envolve o envio de correspondências – serviço monopolizado pelos Correios, que cobram entre R$ 1,19 e R$ 1,24 (fora a impressão) por boleto enviado.

Apesar de questionado, o monopólio da estatal foi reafirmado em 2009 pelo o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), que declarou que o monopólio dos Correios está de acordo com a Constituição Federal e é protegido pela lei 6.538/78. Assim, cartas pessoais e comerciais, cartões-postais, correspondências agrupadas (malotes) só poderão ser transportados e entregues pela empresa pública. Resta aos líderes do segmento então traçar as melhores e mais eficazes estratégias na cobrança, a fim de garantir que o custo do envio do boleto não será desperdiçado.

Eficiente na recuperação de ativos (principalmente em carteiras com atraso superior a 2 anos), o envio de boleto se mostra um case de sucesso até para assessorias de pequeno porte, visto que em tal modalidade o credor recebe um ótimo desconto na negociação, o que o leva a quitar sua dívida. No entanto, especialistas em controle interno observam que aproximadamente 25% das cartas são devolvidas por problemas relacionados ao endereço, enquanto outras 25% não chegam às mãos do destinatário, já que a correspondência pode ser enviada para casa de parentes, entre outros possíveis problemas.

Para garantir a sustentabilidade dos negócios de seus clientes e potencializar o resultado das operações, a Sistemas TH, principal bureau de informações do mercado brasileiro, investe fortemente nas soluções de Higienização e Enriquecimento de Endereços. Com processos customizados às características da carteira em cobrança, a Sistemas TH realiza processos de enriquecimentos de endereços, que vão além do simples retorno de um endereço diferente do existente na base do cliente contratante. Através de um processo constante de clean-up de base e scoragem de informações, através de modelos estatísticos – a Sistemas TH apenas retorna aos seus clientes, endereços que apresentem alto grau de probabilidade de entrega do boleto.

Com mais de 15 anos de mercado, a Sistemas TH possui um Big Data, que concentra todo o histórico cadastral dos devedores, isso possibilita, além da qualidade de enriquecimento de endereço citada anteriormente, implementar para os seus clientes processos de higienização cadastral avançados. Neste produto, o endereço original é mantido, contudo, são realizados validações e ajustes, de forma a garantir uma redução drástica das correspondências devolvidas. Este produto é recomendado para carteiras com atraso inferior a 2 anos.

Com base nesta expertise, a Sistemas TH conseguiu desenvolver um SLA personalizado aos seus clientes, garantindo que até 96,5% dos boletos sejam entregues com sucesso, reduzindo drasticamente as devoluções por endereço inexistente, incorreto, etc.