Em um cenário cada vez mais competitivo, marcado por turbulências e incertezas econômicas, é natural que as empresas questionem e revisem todos os seus investimentos em comunicação, principalmente se seu objetivo for o digital. Para empresas B2B, que na sua grande maioria não conseguem resultados diretos em vendas dentro das redes sociais, o grande desafio é equacionar o resultado e o investimento feito de maneira clara.

Um dos sócios da agência full-service 242, Pedro Hermano, reuniu cinco dicas para empresas B2B que querem aumentar sua relevância dentro das redes sociais e gerar frutos duradouros.

1.    Eduque seu consumidor
“As redes sociais permitem um diálogo aberto com o consumidor, o que nada mais é do que uma boa conversa. E assim como em uma conversa, é realmente chato conversarmos com alguém que fala o tempo todo sobre si, sobre seus feitos e como ela tem uma capacidade que você não tem.”, conta Hermano.

No diálogo entre marcas e seus consumidores acontece da mesma maneira. Ao invés de se promover o tempo todo, ou de só pensar em vender, foque em ter uma conversa amigável e em informações relevantes para as necessidades específicas dos clientes de forma natural, sem se promover insistentemente. Ou seja, converse com o seu consumidor não apenas sobre o seu produto, mas também sobre o mercado que atua, sua categoria e de quebra, eduque-o sobre o seu produto e como ele pode ser uma ótima solução.

2.    Linguagem integrada
Unicidade é uma das regras básicas da comunicação. “Nosso receptor deve interpretar a marca de maneira única em todas suas manifestações. Sendo assim, a linguagem da comunicação deve ser a mesma no produto, na loja, na publicidade e em todos os demais pontos de contato com a marca. Isso é importante para garantirmos uma presença de marca uniforme e singular, onde o consumidor pode reconhecer imediatamente a marca.”, comenta o sócio que pratica esta idéia na 242 desde a sua criação.

3.    Busque Relevância de conteúdo
“Precisamos criar relevância”, diz o publicitário. Apesar de ser uma expressão comum de ouvirmos principalmente em reuniões de marketing, poucos sabem o seu real significado.

Para que possamos traduzir a relevância para a comunicação, principalmente para as redes sociais, poderíamos dizer que ela é a importância, adequação e a percepção de valor dada à mensagem da empresa. Ou seja, relevância na comunicação é criar a mensagem certa, para o público certo, onde esta faz sentido com o contexto do no nosso consumidor.

Pedro explica algumas táticas para que possa reconhecer se há ou não relevância. “Para criarmos relevância, precisamos responder a algumas perguntas básicas; a mensagem é clara para nosso receptor? Esta adequada ao seu perfil? Nosso receptor passaria batido por ela? A mensagem é compartilhável? Se conseguirmos uma resposta afirmativa para todas estas questões, as chances de aumentarmos a relevância da mensagem é muito maior.”

4.    Explore as mensagens em vídeo
“O conteúdo em vídeo é uma ferramenta cada vez mais utilizada pelas marcas que querem engajar seu consumidor”, diz Pedro. Isso por que é uma ferramenta poderosa de comunicação e que passa para o consumidor credibilidade de maneira clara sobre os seus produtos. Hoje, os vídeos já são a maior parte do conteúdo consumido na rede e, segundo um estudo da Cisco prevê, os vídeos responderão por 69% do tráfego de internet por consumidores em 2017.

Mas, para que os vídeos causem impacto eles devem ter um proposito claro, chamar a atenção e ter um formato atraente para ser consumido. Empresas de tecnologia por exemplo, usam vídeos para educar o seu consumidor sobre seus produtos, mostrando como suas soluções podem ajudar seus produtos, seu diferencial tecnológico, depoimentos de clientes e até mesmo o dia-a-dia de dentro da sua empresa para aproximar o consumidor.

5.    Invista em mídias inteligente
As redes sociais são uma ótima ferramenta de comunicação, mas, não se engane, todas elas são um negócio e claro, precisam gerar lucro. Por isso, muitas vezes por mais que a marca pense em todos os pontos anteriores não tenha o alcance desejado.

Para que o investimento seja feito com inteligência, o sócio da Agência 242, dá a dica, “É importante que o investimento em mídia dentro dasredes sociais seja feito de forma inteligente, com adequação e performance. E isso é feito com base em dados e detalhamento perfeito do perfil do consumidor da empresa.”

Leia mais

Reclamações em redes sociais diminuem

E-mail, telefone ou redes sociais? Com que atendimento eu vou?

Conheça estratégias para atender o cliente nas redes sociais